Justiça libera Enem 2010

 

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região atendeu a pedido do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) e suspendeu, na manhã desta sexta-feira, 12, a liminar da juíza da 7.ª Vara Federal do Ceará, Karla de Almeida Miranda Maia, que impossibilitava o prosseguimento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2010.

Em sua decisão, o presidente do TRF, desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, ressaltou que a suspensão da prova traria transtornos aos organizadores e aos mais de 3 milhões de estudantes de todo o Brasil que fizeram o Enem. Faria lembrou que a alteração do cronograma do Enem – em razão da suspensão – iria repercutir na realização dos vestibulares promovidos por instituições de ensino superior, uma vez que muitas utilizam as notas do exame para classificar candidatos.
Por fim, ele destacou a possibilidade de elevado prejuízo – no valor de R$ 180 milhões – aos cofres públicos, decorrente da contratação da logística necessária para a realização de novas provas.

You may also like...

0 thoughts on “Justiça libera Enem 2010”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *