Residencial Vale Verde vai ganhar complexo imobiliário


O município de Alfenas vai ganhar um complexo imobiliário de cerca de R$ 4,2 milhões em valor geral de investimentos. O empreendimento do Residencial Vale Verde, localizado entre os bairros Novo Horizonte e Pinheirinho vai ganhar aproximadamente a construção de 53 imóveis residenciais que serão comercializadas ao custo de 70 a 80 mil reais cada unidade e com 77 m2 de área construída assim distribuída: 3 quartos, sala de jantar, estar, banheiro, cozinha, área de serviço e garagem coberta. As casas são de laje, rebocadas e pintadas, com piso em cerâmica, em toda casa e revestimento cerâmico na cozinha e banheiro até o teto. Os recursos devem ser investidos e já está pronta toda a sua infraestrutura, como: luz, água e esgoto. A empresa responsável pela construção dos imóveis é a construtora Visão em parceria com a loteadora Pemi Grupo Empresarial e Cred Azul Imobiliária, que serão financiados pela CEF – Caixa Econômica Federal. O empreendimento será implantado num terreno de cerca de 200 m2.
O prefeito Luiz Antônio da Silva prevê um grande crescimento e valorização da região, com a consolidação do empreendimento e de outras iniciativas habitacionais e comerciais, que certamente vão procurar se localizar próximas a esse empreendimento imobiliário, explicou.
A Prefeitura de Alfenas em parceria com a Associação Habitacional está apoiando o empreendimento e a Associação será a responsável para a seleção dos futuros moradores do Residencial, que será brevemente um bairro com grande valorização imobiliária. Os trabalhos de seleção cadastral são feitos pela Associação Habitacional de Alfenas em conjunto com a Imobiliária Cred Azul, para trazer os benefícios desse empreendimento para a população da cidade.

O Programa – “Minha Casa Minha Vida” – Como funciona:
A CEF oferece às empresas do mercado imobiliário para a construção de casas populares, visando ao atendimento de famílias com renda acima de 3 a 10 salários mínimos, priorizando a faixa de 3 a 6 salários mínimos. Podem contemplar as condições os municípios entre 50 e 100 mil habitantes, de acordo com o seu déficit habitacional.
Os recursos são liberados conforme cronograma vistoriado pela CEF provenientes da União e FGTS por área do território nacional, sujeitos à revisão periódica. As construtoras apresentam projetos de empreendimentos às superintendências regionais da Caixa que por sua vez realiza a pré-análise e comprovação da comercialização mínima exigida, através de Contrato de Financiamento à produção.
Mais informações Cred Azul Imobiliária, rua João Paulino Damasceno, 4 – Sala 7 (ao lado da Caixa Econômica Federal).

You may also like...

0 thoughts on “Residencial Vale Verde vai ganhar complexo imobiliário”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *