Assassinato a facadas

Na madrugada do último sábado, dia vinte e seis, Wilson, mais conhecido com Macalé, foi morto no Bairro Jardim Primavera. A Polícia Militar foi acionada através de denuncia anônima e encontrou a vitima em frente sua casa. Havia perfurações na região do pescoço, no rosto e nas costas, além de cortes na mão direita. Os bombeiros prestaram socorro, mas a vítima não agüentou os ferimentos e morreu no local.              

Na madrugada do último sábado, dia vinte e seis, Wilson, mais conhecido com Macalé, foi morto no Bairro Jardim Primavera.  A Polícia Militar foi acionada através de denuncia anônima e encontrou a vitima em frente sua casa. Havia perfurações na região do pescoço, no rosto e nas costas, além de cortes na mão direita. Os bombeiros prestaram socorro, mas a vítima não agüentou os ferimentos e morreu no local.         

Os assassinos L. R. R. de 22 anos, mais conhecido como Lukinha e M. S. A., 20 anos foram presos na manhã de sábado, dia vinte e seis, após nova denuncia anônima. Eles estavam escondidos na casa de um amigo que alegou não ter conhecimento do crime.

Segundo moradores Macalé vivia junto com Elaine, com quem um dos agressores, Lukinha já tivera um caso.  Segundo as informações levantadas pela Polícia Militar Elaine é natural de Machado e trabalha como profissional do sexo no prostíbulo Bianca no Bairro Gaspar Lopes. Os moradores informaram ainda à que o local do crime também era utilizado para comércio de drogas.

As testemunhas relataram que a vítima foi abordada pelos dois agressores na Rua Perobas. Ele reagiu, contudo acabou imobilizado por um dos jovens, que gritou para o comparsa: “mata ele!”. Mesmo com a vítima no chão o agressor o golpeou inúmeras vezes. Os dois fugiram em uma motocicleta que foi apreendida na casa onde foram capturados. 

Por Leonardo Miranda Alves

You may also like...

0 thoughts on “Assassinato a facadas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *