Campanha de vacinação infantil.

 

Começa a vacinação contra Paralisia Infantil, Sarampo, Rubéola e Caxumba nas creches escolas de Alfenas.

Por Leonardo Miranda Alves

            A campanha de vacinação infantil começou na última na sexta-feira (11) nas escolas da zona rural, ontem segunda-feira (13) teve início a vacinação nas creches e escolas da zuna urbana que se estende até o dia 17 de junho. Por não haver vacina suficiente, o início da campanha nas unidades de saúde da cidade começa no dia 18 de junho.

            A vacina contra Poliomielite ou Paralisia Infantil é via oral e está sendo aplicada em todas as crianças com menos de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias). Já a vacina contra Sarampo, Rubéola e Caxumba (Tríplice Viral – VTV ou SRC), é aplicada por injeção via subcutânea (sob a pele) e é destinada a todas as crianças entre quatro e 7 anos (6   anos, 11 meses e 29 dias). O local mais utilizado para a aplicação é a face externa anterior ou posterior do braço.

           

Saiba mais:

           Vacina contra Poliomielite ou Paralisia Infantil: são três doses, com intervalo de sessenta dias entre cada dose que corresponde a duas gotas. Deve ser aplicada nas crianças aos dois, quatro e seis meses de idade, com reforço aos quinze meses. Em Alfenas, além disso, todas as crianças menores de cinco anos de idade devem receber a vacina nos dias de Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, independentemente de já estarem com suas vacinas em dia.

           A Paralisia Infantil ou Poliomielite: Trata-se de uma doença contagiosa, provocada por vírus e caracterizada por paralisia súbita, geralmente nas pernas. A transmissão ocorre pelo contato direto com pessoas ou contato com fezes de pessoas contaminadas, ou, ainda, contato com água e alimentos contaminados. A vacina é produzida através de poliovírus atenuado.

            Vacina contra Sarampo, Rubéola e Caxumba (Tríplice Viral – VTV ou SRC): São necessárias 2 doses da vacina. Ela é aplicada pela primeira vez aos doze meses de idade e uma dose reforço é aplicada aos 4 e 6 anos. No Brasil, além disso, nos momentos em que ocorrerem as campanhas de seguimento para vacinação contra o sarampo. A vacina é uma combinação de vírus vivos atenuados contra o sarampo, rubéola e caxumba.

            Sarampo: doença muito contagiosa, causada por um vírus que provoca febre alta, tosse, coriza e manchas avermelhadas pelo corpo. É transmitida de pessoa para pessoa por tosse, espirro ou fala, especialmente em ambientes fechados. Facilitam o aparecimento de doenças como a pneumonia e diarréias e pode levar à morte, principalmente em crianças pequenas.

            Rubéola: Doença muito contagiosa, causada por um vírus e provoca febre e manchas vermelhas na pele, começando pelo rosto, couro cabeludo e pescoço e espalhando-se pelo tronco, braços e pernas. É transmitida de pessoa a pessoa por tosse, espirro ou fala, especialmente em ambientes fechados.

            Caxumba: Doença viral, caracterizada por febre e aumento de volume de uma ou mais glândulas responsáveis pela produção de saliva na boca (parótida) e, às vezes, de glândulas que ficam sob a língua ou a mandíbula (sub-linguais e sub-mandibulares). O maior perigo é a caxumba “descer”, isto é, causar inflamação dos testículos, principalmente em homens adultos, que podem ficar sem poder ter filhos depois da infecção. Pode causar, ainda, inflamação dos ovários nas mulheres e meningite viral. É transmitida de pessoa a pessoa pela tosse, espirro ou fala de pessoas infectadas.
height=450

  height=450 
height=450
Fotos feitas durante a vacinação na Escola Municipal de Educação Infantil Isoline Barbosa Eliac

 height=200

You may also like...

0 thoughts on “Campanha de vacinação infantil.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *