Morre a mineira mais velha do mundo

Vó Quita , eleita a mulher mais velha do mundo pelo Guinness Book, morre aos 114 anos

Da redação

             A Maria Gomes Valentim, reconhecida pelo Guinness Book como a mulher mais velha do mundo, morreu na madrugada desta terça-feira, aos 114 anos, na cidade de Carangola, cidade da Zona da Mata mineira localizada a 360 quilômetros de Belo Horizonte, onde viveu durante toda a sua vida. A mineira mais velha do mundo Ela 115 anos no dia 9 de julho.
             Maria, que estava internada na Casa de Caridade de Carangola desde a manhã do último domingo, morreu de falência múltipla dos órgãos, às 4h15. Primeira brasileira a alcançar o recorde nesta categoria, ela iria completar 115 anos no próximo mês.
             Vó Quita, como era popularmente conhecida, nasceu em 9 de julho de 1896 durante o reinado da rainha Vitória, na Inglaterra, antes mesmo de a empresa Ford existir – tem um filho, quatro netos, sete bisnetos e cinco tataranetos. Ela vem de Carangola, há algumas horas do Rio de Janeiro, e conseguiu provar sua idade após mostrar suas certidões de nascimento e casamento, além da identidade.
             Um pesquisador da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que estuda pessoas com idades avançadas disse que o Brasil está entre os principais países que abrigam pessoas, com idades acima de 110 anos, que vivem bem.

height=200


You may also like...

0 thoughts on “Morre a mineira mais velha do mundo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *