Região gera 199 empregos

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou nesta quarta-feira (17) os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de março. De acordo com a pesquisa, a região de Passos fechou o período com saldo positivo de 199 vagas de emprego, considerando que a somatória é valida para um grupo de quatro cidades: Passos, São Sebastião do Paraíso, Guaxupé e Alfenas.

 

A pesquisa do Caged aponta as variações de admissões e demissões registradas em todo o país. No ranking nacional, Minas Gerais aparece como terceira colocada apresentando saldo positivo de 196.347 empregos formais, ficando atrás de São Paulo e Rio Grande do Sul. Considerando somente o Estado de Minas Gerais, foram admitidos 215.939 trabalhadores e demitidos outros 196.347 no mês três.

 

Aprofundando um pouco mais na pesquisa, observa-se que Divinópolis é a cidade da região Sul Mineira mais bem colocada no Estado. Ela ocupa a 8ª colocação no saldo de vagas de trabalho (408). Varginha vem logo em seguida na 10ª colocação com saldo de 369 empregos. Alfenas aparece na 21ª colocação (170) e Passos na 31ª (95).

 

No caso de São Sebastião do Paraíso e Guaxupé, as duas cidades fecharam o mês de março com saldo negativo e, por isso, foram classificadas em posições bem abaixo no ranking mineiro. Paraíso ocupa a 69ª posição com perda de 19 vagas. Guaxupé aparece na 83ª com saldo negativo de 47 empregos formais.

 

Região

 

O setor que mais gerou empregos na região no mês passado foi o de serviços, fechando os 31 dias de março com saldo positivo de 175 vagas. Já a construção civil foi o que mais apresentou queda no número de postos de trabalho, terminando com saldo negativo de 57 vagas. No geral, a região mostrou bom ritmo de crescimento na geração de empregos, finalizando o mês três com 199 novos postos de trabalho nas quatro cidades que figuram no Caged.

 

Quem mais impulsionou para que o cenário regional fosse positivo foi a cidade de Alfenas, que fechou o balanço com saldo positivo de 170 empregos formais criados. Foram admitidos no mês de março 853 trabalhadores naquele município. Já o volume de demissão chegou a 683 pessoas. O setor que mais abriu novas vagas foi o de agropecuária (164) e o que mais demitiu foi o da construção civil (-30).

 

Passos também vem se destacando quando a assunto é geração de empregos. Por mais um mês consecutivo a cidade fecha o balanço do Caged com saldo positivo de vagas, desta vez, atingindo 95 novos empregos em março. Foram contratados 1.076 trabalhadores, enquanto outros 981 tiveram o registro em carteira encerrado.

 

O comércio continua sendo o setor que mais emprega em Passos, absorvendo mais 73 pessoas só no mês de março. Já a indústria de transformação aparece na pesquisa com baixo desempenho, já que perdeu 42 vagas de emprego.

Setor de serviços continua o maior impulsionador da economia da região; no mês passado ele gerou sozinho 175 empregos formais. 
height=213

 

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou nesta quarta-feira (17) os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de março. De acordo com a pesquisa, a região de Passos fechou o período com saldo positivo de 199 vagas de emprego, considerando que a somatória é valida para um grupo de quatro cidades: Passos, São Sebastião do Paraíso, Guaxupé e Alfenas.

 

A pesquisa do Caged aponta as variações de admissões e demissões registradas em todo o país. No ranking nacional, Minas Gerais aparece como terceira colocada apresentando saldo positivo de 196.347 empregos formais, ficando atrás de São Paulo e Rio Grande do Sul. Considerando somente o Estado de Minas Gerais, foram admitidos 215.939 trabalhadores e demitidos outros 196.347 no mês três.

 

Aprofundando um pouco mais na pesquisa, observa-se que Divinópolis é a cidade da região Sul Mineira mais bem colocada no Estado. Ela ocupa a 8ª colocação no saldo de vagas de trabalho (408). Varginha vem logo em seguida na 10ª colocação com saldo de 369 empregos. Alfenas aparece na 21ª colocação (170) e Passos na 31ª (95).

 

No caso de São Sebastião do Paraíso e Guaxupé, as duas cidades fecharam o mês de março com saldo negativo e, por isso, foram classificadas em posições bem abaixo no ranking mineiro. Paraíso ocupa a 69ª posição com perda de 19 vagas. Guaxupé aparece na 83ª com saldo negativo de 47 empregos formais.

 

Região

 

O setor que mais gerou empregos na região no mês passado foi o de serviços, fechando os 31 dias de março com saldo positivo de 175 vagas. Já a construção civil foi o que mais apresentou queda no número de postos de trabalho, terminando com saldo negativo de 57 vagas. No geral, a região mostrou bom ritmo de crescimento na geração de empregos, finalizando o mês três com 199 novos postos de trabalho nas quatro cidades que figuram no Caged.

 

Quem mais impulsionou para que o cenário regional fosse positivo foi a cidade de Alfenas, que fechou o balanço com saldo positivo de 170 empregos formais criados. Foram admitidos no mês de março 853 trabalhadores naquele município. Já o volume de demissão chegou a 683 pessoas. O setor que mais abriu novas vagas foi o de agropecuária (164) e o que mais demitiu foi o da construção civil (-30).

 

Passos também vem se destacando quando a assunto é geração de empregos. Por mais um mês consecutivo a cidade fecha o balanço do Caged com saldo positivo de vagas, desta vez, atingindo 95 novos empregos em março. Foram contratados 1.076 trabalhadores, enquanto outros 981 tiveram o registro em carteira encerrado.

 

O comércio continua sendo o setor que mais emprega em Passos, absorvendo mais 73 pessoas só no mês de março. Já a indústria de transformação aparece na pesquisa com baixo desempenho, já que perdeu 42 vagas de emprego.

You may also like...

0 thoughts on “Região gera 199 empregos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *