Paciente que aguarda transplante há 10 anos cede oportunidade à amiga

Um morador de Três Pontas (MG) que estava na fila de espera de transplante de rins há 10 anos abriu mão de receber o órgão para que uma amiga, que estava mais fraca, pudesse fazer o procedimento na frente dele. A amiga em questão fazia hemodiálise junto com ele em Varginha. A generosidade do paciente no mês de maio foi recompensada há um mês e 11 dias quando, finalmente, Antônio Fernando Araújo Mesquita, o Tonico, conseguiu receber um novo rim.

O transplante da amiga aconteceu no dia 13 de maio deste ano e Tonico precisou aguardar mais três meses até ter a chance de receber o órgão que precisava.

"Hoje ela está bem, eu encontro ela toda segunda e quinta-feira no hospital para os retornos.", disse ele.

Perguntado pelo G1 sobre o risco que correu de ficar sem o órgão, Tonico não teve dúvidas em responder.

"Ah, fazer o que né. Ela precisava mais do que eu, estava bem fraca. Uma hora viria o meu e eu não esperei quase nada", completou. E veio mesmo, os dois pacientes fizeram o transplante de rins no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG), e se recuperam bem.

No entanto, conforme dados do MG Transplantes, o número de doações em Minas Gerais aumentou em ritmo bem menor do que a fila de pessoas que aguardam por um órgão. De janeiro a julho deste ano, foram realizadas 1998 doações em Minas. Dessas, 1236 resultaram em transplantes. No mesmo período do ano passado, 1969 doações haviam sido feitas no estado. Em julho deste ano, 2.529 pessoas aguardavam por um rim.

No Sul de Minas, apenas três hospitais são credenciados para a realização de transplantes. No Alzira Velano, em Alfenas (MG) e na Santa Casa de Passos (MG) são realizados procedimentos para córneas. No Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG), são feitos de córneas e de rins. A captação de órgãos pode ser feita em qualquer hospital desde que seja feita por uma equipe capacitada pelo MG Transplantes.

FONTE: SITE G1 SUL DE MINAS.

You may also like...

0 thoughts on “Paciente que aguarda transplante há 10 anos cede oportunidade à amiga”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *