Fungos que atingem trabalhadores rurais são estudados por pesquisadores da UNIFAL

Pesquisadores da UNIFAL, Universidade Federal de Alfenas, estão desenvolvendo um estudo pioneiro sobre um fungo que atinge principalmente trabalhadores rurais.

A contaminação da paracoccidioidomicose, um tipo de micose também conhecida como PCM, acontece durante o trabalho nas lavouras.

Segundo os pesquisadores, este tipo de fungo pode estar presente na água, nas plantas e no solo. As lavouras de café são ambiente de grande incidência desse micro-organismo. A contaminação pode acontecer justamente quando o agricultor entra em contato com a terra.

Segundo o pesquisador Luiz Cosme e o médico Evandro Magalhães, mais de 540 pessoas já foram examinadas no Sul de Minas e quase metade do número de examinados já teve contato com o fungo.

Ainda deverão ser examinadas mais de 2000 pessoas até o término do trabalho, que posteriormente, será encaminhado para a Secretaria Estadual de Saúde.

A  pesquisa chamou a atenção dos vereadores de Alfenas, que fizeram um projeto que pretende atender as pessoas com PCM. O objetivo é garantir o acesso ao tratamento da doença e formar uma equipe com vários profissionais para diagnosticar e tratar os pacientes.

height=400

Fonte: Alfenas Agora.

You may also like...

0 thoughts on “Fungos que atingem trabalhadores rurais são estudados por pesquisadores da UNIFAL”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *