Palco aberto para os músicos de Alfenas e região

Encontro de Músicos de Alfenas chega a sua 10º edição

Toninho Horta é a atração da festa

height=445 Divulgação
Toninho Horta se apresenta em Alfenas, no próximo dia 22, no Cafezal em Flor 


 Por Patricia de Oliveira

 
O Encontro de Músicos de Alfenas e região, que acontece no dia 22 deste mês, a partir das 18 horas, no Cafezal em Flor, cria um ambiente artístico diferente na noite da cidade. 
A atração da festa é o músico profissional Toninho Horta, que começou a tocar aos 16 anos, na noite belo-horizontina, quando conheceu Milton Nascimento e logo se tornaram parceiros com o samba-canção “Segue em Paz” (letra de Bituca). Mais tarde, com Milton e outros companheiros, participou do Clube da Esquina, álbum que marcou a MPB nos anos 1970.
Isaura Tiso Veiga, uma das organizadoras do Encontro que já é um sucesso em Alfenas e região, comenta que o evento é uma forma de valorizar a classe e incentivar os músicos. “É uma forma de homenagearmos estas pessoas que vivem pela música. Muitos nos acompanham desde a primeira edição e isto para nós é muito importante”, comenta. Ela diz ainda que no Encontro toda a família Flausino (família de Rogério, do Jota Quest), será homenageada. “É uma família musical, em que todos estão envolvidos com a música. Eles merecem esta homenagem especial”, ressalta.
Para a diretora e atriz de teatro Zulmira Albergaria, sempre ligada ao cenário educacional, cultural e artístico de Alfenas, o Encontro de Músicos é um momento mágico para reunir o que há de melhor da classe artística da cidade, matar a saudade dos amigos e se deliciar com música de qualidade. “Sem dúvida alguma os iniciantes e mesmo os amantes da arte ganham em ver de perto a qualidade e o amor à arte musical; é uma aula de musicalidade, de sensibilidade e de talento”, comenta.
Enquanto na edição passada a atração foi o cantor de MPB Tadeu Franco, desta vez Toninho Horta é quem promete deixar a noite muito mais musical e animada. “Falar de Toninho Horta, um monstro do cenário musical mineiro, encheria essas ‘páginas’. Um cara que se tornou músico profissional aos 16 anos, participou com Milton Nascimento do Clube da Esquina, tem trabalhos ao lado de artistas consagrados como Gal Costa, Nana Caymmi, Elis Regina, João Bosco e ‘Bituca’…  Toninho Horta só vem abrilhantar ainda mais os 10 anos desse evento que já se tornou tradição no fim do ano em Alfenas”, diz Zulmira Albergaria.

height=194Arquivo Pessoal
“Sem dúvida alguma os iniciantes e mesmo os amantes da arte ganham em ver de perto a qualidade e o amor à arte musical; é uma aula de musicalidade, de sensibilidade e de talento”, Zulmira Albergaria, sobre o Encontro de Músicos.

Exposição de vinis
Encontro de Músicos reúne uma grande variedade de profissionais e amadores de várias cidades do sul de Minas: instrumentistas e cantores participam da "canja" nos mais variados estilos musicais.
Nesta décima edição do Encontro, além da atração especial com Toninho Horta, haverá exposição de vinis, apresentações especiais, homenagens e palco aberto aos músicos se apresentarem.
A festa em Alfenas acontece desde 2004 e é realizada pela família do pianista Wagner Tiso, tendo à frente da organização André Tiso e Isaura Tiso Veiga.
“Quero aqui abraçar e parabenizar os idealizadores e organizadores, Isaurinha e André pela luta, pela batalha em resgatar o melhor de Alfenas. Esse encontro já faz parte do circuito Cultural de Alfenas e merecia mais atenção do poder público”, enfatiza Albergaria.

 height=636Divulgação
Toninho Horta ganhou projeção em Minas, no Brasil e no mundo com a força de sua música


Mais sobre Toninho Horta
Nascido em berço musical, seu avô materno, João Horta, era maestro, compositor de música sacra e popular. Apesar da formação autodidata, teve forte influência da mãe e de seu irmão mais velho, o baixista Paulo Horta, que liderou, nos anos 50, o Jazz Fã Clube – seleto grupo de músicos mineiros que difundia o melhor do jazz em Belo Horizonte.
Começou a tocar violão aos nove anos, com seus irmãos Paulinho, Letícia, Gilda, Berenice e Marilena. Sua primeira composição foi “Barquinho Vem” aos 13 anos. No ano seguinte houve a gravação de “Flor Que Cheira a Saudade” (com letra da irmã Gilda) pelo conjunto de Aécio Flávio, no qual seu irmão era contrabaixista. 
Após sua transferência para o Rio de Janeiro, no final dos anos 60, Toninho projetou-se no mercado nacional. Nos anos seguintes, entre Minas Gerais e Rio, trabalhou em centenas de gravações, ao lado de muitos artistas consagrados. No início dos anos 80, Toninho teve sua primeira experiência tocando com músicos de jazz em Nova Iorque e realizando estudos na JuilliardSchool, no Lincoln Center.

 
Serviço
10º Encontro dos Músicos de Alfenas
Quando: domingo (22) a partir das 18 horas
Onde: Estação Cafezal em Flor – Estrada para Harmonia (ao final da Avenida Governador Valadares)
Preço: R$ 25,00.
 
Preço para músicos: R$ 10,00.

Fonte: Alfenas Agora.

You may also like...

0 thoughts on “Palco aberto para os músicos de Alfenas e região”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *