Lavradores fazem protesto contra trabalho escravo no Sul de Minas

Lavradores se reuniram na porta do ministério do trabalho em Pouso Alegre  reivindicando a melhoria nas fiscalizações das fazendas e das condições de trabalho.

O movimento quer saber também o paradeiro do Lavrador Hélio Costa De Araújo que desapareceu em agosto de 2013 após realizar uma denúncia de trabalho escravo em Campanha, MG.

Após a denúncia Hélio foi levado para um hotel no centro de Campanha e câmeras de segurança flagraram quando o patrão, o fazendeiro Paulo Alves Lima o retirou do local á força. O patrão levou o funcionário para a rodoviária e colocou o homem num ônibus que ia para Lavras, desde então o homem nunca mais foi visto.

O fazendeiro foi preso na época, mas saiu para responder em liberdade. Ele é acusado de sequestro e trabalho escravo.

Fonte: Alfenas Agora.

You may also like...

0 thoughts on “Lavradores fazem protesto contra trabalho escravo no Sul de Minas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *