Ex-diretor de cooperativa suspeito de desvio é preso em Perdões, MG

Na manhã desta terça-feira, 27/05, a polícia civil de Perdões, prendeu o ex-diretor da COPACAFÉ (Cooperativa
de café de Perdões).
O ex-diretor, Flávio Castelo Branco, estava foragido desde Fevereiro quando sua prisão preventiva  foi decretada.
Após receber uma denúncia anônima, Flávio foi preso na casa da namorada em Piumhi, MG.
Flávio é apontado por  cooperados como responsável por um desvio de sacas de café que chegaria a R$15 milhões e dinheiro.
O ex-diretor vem sendo investigado pela polícia civil desde 2013.
Em um primeiro momento, acreditava-se que cerca de R$ 400 mil tinham sidos desviados da cooperativa.
Mas em fevereiro de 2013, descobriu-se que o rombo já era de R$ 12 milhões. Em abril, um novo cálculo apontou
que o desvio estava estimado em R$ 15 milhões.
De acordo com Pedro Junqueira, presidente da comissão executiva da Copacafé um extrato bancário da cooperativa durante a administração da antiga diretoria revelou uma transferência de R$ 430 mil para uma segunda conta, e que este valor estaria desaparecido.
Ainda segundo Junqueira,  produtores de leite de Manhuaçu, MG, cooperados da Copacafé de Perdões, não receberam cerca de R$ 3 milhões referente à produção de leite. 
Para a investigação do caso, três inquéritos policiais foram instaurados.
Flávio foi levado para o presídio de Campo Belo, MG.

You may also like...

0 thoughts on “Ex-diretor de cooperativa suspeito de desvio é preso em Perdões, MG”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *