Prefeito e vice de Itaú de Minas são cassados em 2ª instância pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) divulgou nesta sexta-feira (22) a cassação do prefeito e vice de Itaú de Minas (MG), Norival Francisco de Lima e Nísio Antônio Lima, por 3 votos a 2. Eles são acusados de terem feito campanha eleitoral antecipada nas últimas eleições.

Os dois políticos já tinham sido cassados pelo juiz da 293ª Zona Eleitoral de Pratápolis (MG) por captação ilícita de sufrágio, captação ilícita de recursos e abuso de poder político e econômico. A decisão ainda manteve as sanções de inelegibilidade e multa a Norival.

Conforme a denúncia do Ministério Público Eleitoral, eles teriam doado cestas básicas, combustível, passagens e dinheiro em espécie a eleitores em troca de votos, entre outros. Norival Francisco de Lima foi eleito para o cargo de prefeito em 2012 com 52,31% (5.019) dos votos válidos. Com a cassação do prefeito, a Corte Eleitoral determinou a realização de novas eleições no município.

A decisão do TRE deverá ser publicada nos próximos 10 dias. Prefeito e vice ainda podem recorrer.

Reversão e escutas telefônicas
O prefeito e o vice de Itaú de Minas tiveram a cassação do mandato revertida em agosto deste ano pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais. Eles foram absolvidos por quatro votos a três. Em setembro de 2013, os dois irmãos tiveram os mandatos cassados em primeira instância pelos crimes de compra de votos e por não comprovarem a origem de parte do dinheiro usado na campanha eleitoral de 2012.

A decisão do TRE na época, relatada pelo juiz Wladimir Rodrigues Limas, foi baseada no entendimento apresentado pelo desembargador Paulo Cézar Dias, para quem o prefeito e o vice de Itaú de Minas não cometeram crime eleitoral.

Trechos de escutas telefônicas mostram o prefeito de Itaú de Minas trocando compras de supermercado por votos. Um policial militar

FONTE: G1 SUL DE MINAS

You may also like...

0 thoughts on “Prefeito e vice de Itaú de Minas são cassados em 2ª instância pelo TRE”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *