Morre mulher internada há mais de 60 dias com H1N1 em Poços de Caldas, MG

Uma mulher de 35 anos morreu em Poços de Caldas (MG) em decorrência de complicações do vírus da gripe H1N1. Segundo a secretária de Saúde de Poços de Caldas, Fátima Livorato, Elaine Cristina Guerra passou mais de 60 dias internada no Hospital Santa Lúcia, mas não resistiu a quadros de infecção generalizada e outras complicações. A vítima foi enterrada na manhã deste sábado (23).

Guerra foi internada com sintomas de gripe na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Santa Lúcia no dia 8 de junho. De acordo com a secretária, exames laboratoriais enviados a Belo Horizonte (MG) confirmaram a contaminação por H1N1 dois dias depois.

Essa é a primeira morte associada ao vírus da gripe H1N1 confirmada este ano em Poços de Caldas. A Secretaria de Saúde informou que, desde janeiro, houve registro de 20 casos suspeitos da doenças e seis foram confirmados. Ainda conforme a secretaria, os outros cinco pacientes estão fora de perigo.

FONTE: G1 SUL DE MINAS

You may also like...

0 thoughts on “Morre mulher internada há mais de 60 dias com H1N1 em Poços de Caldas, MG”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *