Cassados pelo TRE, prefeito e vice de Campo Belo vão deixar os cargos

O prefeito de Campo Belo (MG), Marco Túlio Miguel (PSDB) e o vice Richard Miranda, deixam os cargos nesta quarta-feira (27). Os dois e mais sete vereadores foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). Com a decisão, quem assume a prefeitura provisoriamente é a vereadora Rosângela de Souza Oliveira, que é a 1ª Secretária da Câmara de Vereadores. O presidente da Câmara, Hélio Donizete Mendes e o vice-presidente, Valdelino Ananias de Castro, que teriam que assumir a prefeitura, também foram afastados. Rosângela ficará no cargo até que os segundos colocados aos cargos de prefeito e vice nas últimas eleições, Antônio Carlos Alvarenga (PPS) e Wilson Silva Couto (PTN), sejam diplomados oficialmente.

Os políticos são acusados de irregularidades que teriam sido cometidas nas eleições de 2012, como abuso de poder político, de autoridade e econômico, conduta vedada a agente público, uso promocional de serviço de caráter social e captação ilícita de votos. Os políticos entraram com recurso contra a decisão, mas o TRE confirmou a cassação no dia 14 de agosto. O afastamento dos envolvidos foi determinado na tarde desta terça-feira (26) pelo juiz Antônio Godinho, de Campo Belo.

Segundo a assessoria do prefeito Marco Túlio Miguel, ele já entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral, mas a ação ainda não foi julgada.

Prefeito Marco Túlio Miguel, do PSDB, deixará o cargo em Campo Belo (Foto: Reprodução EPTV)
Prefeito Marco Túlio Miguel, do PSDB, deixará o cargo em Campo Belo
Cassação
O prefeito Marco Túlio Miguel (PSDB); o vice-prefeito, Richard Miranda e mais sete vereadores, foram cassados por unanimidade no dia 22 de julho pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). O TRE também determinou a diplomação e posse dos segundos colocados aos cargos de prefeito e vice, Antônio Carlos Alvarenga (PPS) e Wilson Silva Couto (PTN).

Os políticos são acusados de irregularidades que teriam sido cometidas nas eleições de 2012, como abuso de poder político, de autoridade e econômico, conduta vedada a agente público, uso promocional de serviço de caráter social e captação ilícita de votos. Ainda conforme a decisão, “o esquema, que teria contado com a ajuda de alguns servidores do município, teria consistido na prestação de serviços médicos em massa em favor de centenas de eleitores do município, através de indicações dos candidatos ao cargo de vereador”.

Os vereadores que também tiveram os cargos cassados são Valdelino Ananias de Castro (PSB), Silvânio Camilo (PSB), Walter Moreira (DEM), Maria Salime Lasmar (PSDB), Christian Giulliane Alves Silveira (PSDB), Paulo José Ferreira (DEM), Hélio Donizetti Mendes (PSB) e Célio Pereira de Souza (PPS).

Fonte: Site G1.

Tags:

You may also like...

0 thoughts on “Cassados pelo TRE, prefeito e vice de Campo Belo vão deixar os cargos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *