Jornalista mineira viaja para 40 países pedindo “carona”

Motivada por um sonho antigo de conhecer os cinco continentes e cansada da rotina estressante da cidade de São Paulo, a jornalista Kívia Mendonça, de 28 anos, decidiu dar a volta ao mundo. Sem muito planejamento e com pouco dinheiro para gastar com trasporte e hospedagens, a mineira de Bom Despacho conheceu 40 países pedindo carona.

A primeira carona surgiu ainda na cidade da região centro-oeste de Minas, em maio de 2013. Kívia foi com a mãe até um posto de combustíveis e de lá foi para Foz do Iguaçu. Três semanas depois já estava em Usuhaia, na Argentina. Até lá, foram mais de 5.000 km de carona.

Kívia saiu do Brasil com apenas dois vistos no passaporte, para a China e para o Estados Unidos. Com as economias fez algumas viagens de avião e acumulou outros vistos, mas utilizou as caronas como principal forma de se descolar.

Nos 13 meses de viagem, a jornalista colecionou inúmeras aventuras e boas histórias para contar. Saltou de cachoeiras, foi picada por uma arraia, passou noites em claro em posto de combustíveis, à espera de carona, entre muitas outras.

Atleticana fanática, a mineira estava viajando pela América Central no momento em que o time do coração disputava a Libertadores da América. Em uma cidadezinha que fica na fronteira de Honduras com El Salvador, procurou um botequim de esquina e assistiu o Galo ser campeão das Américas.

— Procuramos uma TV em um barzinho da cidade. Perdi o primeiro tempo por causa do fuso horário. Mas foi muito emocionante. Até quebrei uma cadeira na hora da comemoração.

Kívia voltou para o Brasil em junho deste ano para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Atualmente, ela passa uma temporada em Bom Despacho.

Fonte: R7 MINAS GERAIS

You may also like...

0 thoughts on “Jornalista mineira viaja para 40 países pedindo “carona””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *