‘Parecia uma boa pessoa’, diz mãe de menino abusado por jovem em MG

“Ele já foi em casa e sentou na mesa para almoçar. Parecia ser uma boa pessoa”, diz a mãe de um dos menores que teria sido abusado sexualmente por um técnico de informática de 19 anos em Baependi (MG). O jovem, que confessou ter abusado sexualmente de pelo menos 22 garotos com idades entre 10 e 14 anos, foi preso nesta segunda-feira (10) na lan house onde trabalhava.

A mãe do menino, que não quis se identificar, relata que percebeu uma mudança de comportamento no filho e que ele era ameaçado pelo jovem caso contasse algo. “Ele começou a ficar muito nervoso e agitado. Às vezes ficava quieto no quarto dele triste, além das notas na escola que ficaram baixas. Ele era ameaçado caso contasse. Uma criança ameaçada assim fica sem saber o que fazer”, complementa.

A delegada que investiga o caso, Simone Alhados Henrique, ouviu o depoimento das vítimas na Delegacia de Baependi nesta terça-feira (11). Foi o Conselho Tutelar que encaminhou a notícia dos abusos ao Ministério Público, que pediu à polícia a abertura do inquérito. Segundo a delegada, as crianças ainda eram estimuladas a manterem relações entre si.

“Ele estimulava a prática sexual entre os outros meninos, ele tinha preferência por meninos. Eu não sou psicóloga nem psiquiatra, mas no meu modesto entendimento ele não é uma pessoa normal”, afirma.

O crime começou a ser investigado a partir da denúncia de um dos garotos, que apresentou mudança de comportamento na escola, o que teria sido notado pela professora. De acordo com a delegada, os garotos que teriam sofrido o abuso sexual foram ouvidos no Conselho Tutelar e todos citaram o nome do suspeito. Segundo o depoimento dos menores, o técnico de informática se aproximava deles e costumava até mesmo frequentar a casa e fazer amizade com as famílias para praticar os estupros.

Ainda segundo a Polícia Civil, o homem deve ficar detido e se o crime for comprovado ele pode pegar até 8 anos de prisão. A partir de agora a polícia tem 10 dias para concluir o inquérito e encaminhar ao Ministério Público. O jovem está detido no presídio de Baependi.

Fonte: G1 Sul de Minas

You may also like...

0 thoughts on “‘Parecia uma boa pessoa’, diz mãe de menino abusado por jovem em MG”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *