Bruzadelli ocupa lugar de Chico e continua na liderança do governo

Hoje, o Alfenas Agora, com exclusividade, vai entrevistar o vereador José Luiz Bruzadelli (PSDB), 62 anos, primeiro suplente da coligação que elegeu o prefeito Maurílio Peloso e está na vereança ocupando a vaga deixada pelo vereador Professor Chico, que assumiu uma secretaria municipal.
bruz-int

José Luiz, que foi secretário de saúde de vários mandatos e diretor da GRS/Alfenas é hoje o porta-voz do Poder Executivo na Câmara.

 

1. Como o senhor avalia a atuação da Câmara neste mandado?

 Como sou novato, de 1º mandato, não estou sentindo nada diferente do que esperava. Fui muito bem recebido tanto pelos vereadores, como pelos servidores da Câmara. Notamos diferentes posturas entre os vereadores, alguns realmente estão preocupados com a população e outros agem somente de forma demagógica.

2. Em sua opinião, a participação popular nas reuniões é efetiva?

Acho a participação popular muito pequena.

3. Quando e porque iniciou na carreira político partidária?

 Desde 1.983 exerci cargos junto ao setor executivo, tanto Estadual como Municipal, tendo percebido a necessidade de legislações  aptas a auxiliar a  administração pública. Além disto, senti que poderia incentivar o PSDB a apoiar a candidatura de Maurilio Peloso.

4. Como o senhor vê a política nacional hoje? 

 Estou muito decepcionado, principalmente com os Mineiros, que foram governados por dois mandatos pelo Aécio, que quando saiu tinha uma aprovação de 92% e que na ultima eleição foi derrotado em seu estado. No entanto é consolador verificar que em Alfenas, tanto o Pimenta da Veiga como o Aécio saíram vitoriosos.  Alfenas também mostrou nas urnas a insatisfação com o deputado que foi eleito duas vezes como prefeito, e que perdeu 16.000 votos da eleição de 2.010 para a de 2.014. Pelo que temos observado pelas medidas da presidente eleita, teremos 4 anos de muita dificuldade com inflação acima da meta , desemprego elevado e falta de crescimento.

 5.  Qual setor que elegeu como prioridade e que tem maior foco na sua atuação parlamentar?

Minha formação é da área de saúde, sempre exerci funções nesta área, mas vou me empenhar em elaborar projetos que beneficiem a melhoria do bem estar da população.

6. Como avalia a estrutura administrativa atual da Câmara Municipal de Alfenas?

Como sou novato, ainda me sinto incapaz de fazer uma avaliação, mas de um  modo geral a parte administrativa é boa. Acho que deveria ter melhores critérios para conceder diárias de viagens aos vereadores, pois na maioria das vezes vão três, quatro ou até mesmo cinco vereadores para levar um documento ou uma solicitação aos órgãos dos governos Federal e Estadual.

7. Em sua opinião o que é necessário para termos uma cidade melhor?

Alfenas é atualmente uma cidade polo, principalmente na área de saúde. Mas torna-se necessário que o custeio dos serviços sejam distribuídos entre todos os Municípios que utilizam nossos serviços. Um exemplo que também deve ser cotizado entre os municípios é o Restaurante Popular, onde o Município de Alfenas custeia refeições para moradores de municípios da região.

8. Como vereador de primeiro mandato, teve alguma dificuldade em atuar como parlamentar até o momento?

Apesar de ser o líder do Governo, não tenho sentido muita dificuldade de exercer minhas funções.

9.Hoje o senhor está ocupando a vaga deixada pelo vereador Chico e o senhor foi secretário municipal do atual governo. Fale um pouco sobre esta experiência na secretaria de habitação:

Tive uma experiência muito grande para minha vida profissional, muito diferente da área de saúde, mas não menos difícil nem menos importante, mas infelizmente os repasses dos recursos financeiros, quase na totalidade de repasses federais, não ocorreram nestes dois anos do governo do Maurilio.

10. Até o momento, qual o projeto mais difícil de ser analisado? Por que?

Não tivemos nenhum projeto polêmico desde que assumi como vereador, quase todos foram aprovados pela maioria.

11. Quais são as expectativas para o decorrer da outra metade do mandato?

A situação financeira da Prefeitura é critica, devido ao grande déficit deixado pelo governo anterior, ocasionado principalmente pelas prováveis irregularidades de desvio de recursos na merenda  escolar, vale transporte, pagamentos de assessorias, superfaturamentos, habitação, medicamentos, etc. Algumas destas denuncias já se encontram protocoladas no Ministério Público. Recentemente, dia 7 de Novembro, a Receita Federal notificou a prefeitura de um débito de 5.800.000,00 (cinco milhões e oitocentos mil reais) junto ao INSS, referentes aos anos de 2.010 a 2.012, contestando também a VERACIDADE de uma DECLARAÇÃO da administração passada, de Janeiro de 2.012.

 Mas com a rigidez, responsabilidade e honestidade que a atual administração está tendo, acredito que os próximos dois anos serão melhores para o município de Alfenas.

12 .Qual mensagem deseja passar aos seus eleitores e principalmente aos cidadãos alfenenses?

Sempre me dediquei e preocupei em melhorar as condições de vida dos Alfenenses. Poderia enumerar várias melhorias que provoquei no setor de saúde e que nunca tive a preocupação de divulgar, mas sei que as várias entidades beneficiadas sabem disso. Pretendo continuar lutando pelos menos favorecidos, sem qualquer alarde, prefiro trabalhar sem ficar alardeando meus feitos.

Quero deixar aqui meu compromisso não só com meus eleitores, mas com toda a população Alfenense, de que estou e estarei à disposição de todos para tentar auxiliá-los no que for possível.

You may also like...

One thought on “Bruzadelli ocupa lugar de Chico e continua na liderança do governo”

  1. ricardo disse:

    Confio muiito no Jose Luiz de Souza Bruzadelli.. Um homem sério, honesto.. Deveria ser o prefeito de Alfenas. Minha família e muitos conhecidos que tenho são eternamente gratos a ele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *