PM de Mococa prende quadrilha após sequestro-relâmpago de casal mineiro

A Polícia Militar de Mococa (SP) prendeu uma quadrilha na manhã deste domingo (16) após o sequestro-relâmpago de um casal que foi abordado em Arceburgo (MG), na noite de sábado (15), e levado para Jundiaí(SP). As vítimas foram libertadas em um posto de combustíveis após cerca de cinco horas.

Segundo a PM, o casal mineiro recebeu outro casal de amigos em casa e decidiu pedir uma pizza. Quando a entrega chegou, por volta das 22h, quatros suspeitos, dois deles armados, aproveitaram para entrar na residência e render as vítimas.

Os suspeitos roubaram uma TV, videogame, joias, roupas, tênis, celulares e relógios. Os objetos foram colocados no carro da família, um Kia Sportage. Os donos da casa também foram obrigados a entrar no veículo com dois suspeitos. Os outros dois ficaram na casa com o outro casal.

O carro com a dupla e as duas vítimas seguiu para Jundiaí, distante a 222 km da cidade mineira. Lá, os suspeitos realizaram saques em caixas eletrônicos com os cartões dos reféns. Depois, libertaram o casal em um posto e seguiram de volta para Minas.

Prisão
Enquanto isso, os outros dois suspeitos deixaram a residência. O casal que era rendido aproveitou para pedir ajuda. A PM recebeu uma denúncia anônima sobre dois veículos, um Gol e uma Sportage, ocupados por dois homens cada um.

“Quando a viatura se aproximou, eles tentaram fugir. O Gol foi parado, mas a Sportage entrou na SP-340, sentido São Paulo. Avisamos sobre a fuga pelo rádio, foi organizado um cerco e eles entraram em Mococa”, contou o sargento Eduardo Catel Jardim Gomes.

Ele afirmou ainda que os criminosos percorreram várias ruas na contramão, em alta velocidade, voltaram para a pista, passaram por Arceburgo e, em Guaranésia, entraram em uma estrada de terra sem saída. Nela, bateram o veículo em um barranco, desceram da Sportage e efetuaram dois disparos. “Eles chegaram a entrar em uma mata e atiraram mais duas vezes, mas não acertaram. Foram abordados, jogaram as armas e foram pegos”, disse Gomes. “Percorremos cerca de 40 quilômetros no estado vizinho e iríamos até onde fosse necessário”, finalizou.

Segundo a Polícia Civil, eles vão responder por roubo, porte ilegal de arma, formação de quadrilha e sequestro. Um dos integrantes da quadrilha era foragido da Justiça. Todos foram encaminhados para o presídio de Casa Branca e, segundo o delegado de Mococa, Ivan Wohlers, serão transferidos para Serra Azul. “A Polícia Civil desencadeou investigações para identificar os foragidos e para capturá-los o mais breve possível”, disse.
Fonte:G1

You may also like...

0 thoughts on “PM de Mococa prende quadrilha após sequestro-relâmpago de casal mineiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *