Cão de rua ‘adota’ dono durante corrida e ganha perfil em rede social

Quando saiu para correr os 11km costumeiros pela ciclovia da Avenida João Pinheiro, em Poços de Caldas (MG), o jornalista Juliano Borges, de 31 anos, não imaginou que seria ‘adotado’ por um vira-lata de bom preparo físico e que não o largaria mais. Zé, como foi batizado o cachorro, passou a segui-lo desde o ponto inicial da corrida, no início da pista, até quando ele retornou e foi para casa. Desde então, eles são inseparáveis, seja no trabalho, nas corridas e até mesmo nas redes sociais, onde o cão ganhou um perfil.
“Eu não fiz nenhuma parada para beber uma gota de água e ele correu comigo quase 10 km neste dia. Ele me seguiu até em casa e não quis mais ir embora. Me senti na obrigação de dar comida, água e um lar para ele. Desde então, ele me segue para onde vou”, relatou.

Surpreso com a disposição e condição física do cachorro, Borges criou para o vira-lata um perfil em uma rede social, para marcá-lo em competições e corridas. “Eu achei justo, porque ele é um verdadeiro guerreiro, um atleta. Nós corremos 11 km juntos em dias alternados”, contou.
Questionado sobre a origem do cachorro, Borges revelou que não procurou saber de onde ele veio, mas que o animal não demonstrou vontade de ir embora. “Ele me pareceu esses cachorros de rua que ficam só à espera de um dono que dê carinho e encontrou. Ele me adotou”, justificou.
Ás vésperas de embarcar para uma viagem ao Chile, o jornalista lamenta ter que deixar o cachorro, que não pode acompanhá-lo por ser fora do país, já que até mesmo na redação do portal em que trabalha, o animal vai junto. “Eu estou acostumado a tê-lo diariamente comigo. Onde eu vou, ele me segue. Fico até preocupado, porque quando eu saio de casa, ele fica chorando no quintal”, disse.
E até para sair para balada é um desafio. Segundo Borges, o cachorro fica resmungando e é preciso tomar cuidado, senão ele vai atrás. “Quando eu saio, o Zé fica bastante agitado e às vezes foge, dorme fora de casa, mas depois volta com a cara mais ‘lambida’ do mundo. Isso aconteceu algumas vezes. É preciso ficar de olho”, lembrou.
Mesmo assim, o vira-lata mudou a rotina do jornalista, que também gosta de esportes. Neste ano, ele pretende levá-lo para percorrer o Caminho da Fé, que vai da cidade de Águas da Prata (SP) a Aparecida (SP), num trecho de quase 300km. “No ritmo que ele está, acho que vai ser tranquilo”, planeja.

Fonte: G1

You may also like...

0 thoughts on “Cão de rua ‘adota’ dono durante corrida e ganha perfil em rede social”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *