Vereador sugere Audiência Pública sobre ação de GMs na aplicação de multas

multas de transitoO vereador José Luiz de Souza Bruzadelli sugeriu, durante a Sessão da Câmara Legislativa do último dia 02, que seja realizada uma Audiência Pública para discutir as ações da Guarda Municipal que vem aplicando multas de trânsito na cidade. A sugestão aconteceu durante a discussão sobre o projeto de Lei nº 98/2014 que “suspende as aplicações de multas de trânsito realizadas pela Guarda Municipal”.

O projeto que propõe o fim das multas aplicadas pela GM é de autoria de cinco vereadores: Vagner Tarcisio de Morais, o “Guinho”;  Enéias Rezende, José Carlos de Morais, o “Vardemá”; Hemerson Lourenço de Assis, o “Sonzinho” e Antônio Carlos, o “Dr. Batata”.

Houve muitos questionamentos dos vereadores sobre o projeto, que seria votado em “Primeiro Turno”, mas foi adiado por um mês. O adiamento aconteceu porque o vereador Elder José Martins “pediu vistas ao projeto”. O pedido foi acatado pela maioria dos parlamentares, com voto contrário do vereador Guinho.

Apesar do adiamento do projeto, alguns vereadores questionaram a ação dos Guardas Municipais. Dr. Batata, por exemplo, disse que há Guarda Municipal correndo atrás de carros, na Praça Getúlio Vargas, para aplicar multas.

Os parlamentares defenderam que haja punição aos infratores do trânsito, “mas não pode haver caça as bruxas”, disse o vereador Elder, autor do “Pedido de Vistas’. Os vereadores querem que haja esclarecimento à população sobre o serviço da Guarda Municipal, para isso a Audiência Pública, que, por enquanto, não acabou sendo agendada. Eles sugeriram também um treinamento aos GMs.

Um homem que estava na platéia perguntou por que a empresa de ônibus Alfetur não é multada. A pergunta foi repetida pelo vereador Carlinhos Vardemá ao secretário municipal de Defesa Social, Vander Cherri Marcolino, que também estava na platéia.

Vander Cherri não soube responder. Disse que precisava consultar uma planilha.

O vereador Guinho, único a votar contra o “pedido de vistas”, ironizou o trabalho de fiscalização do trânsito feito pela Guarda Municipal. Ele citou exemplos de outra cidade onde a Guarda multou um motociclista que estava sem cinto de segurança, “e se continuar desse jeito aqui em Alfenas, eles vão multar motorista por não usar capacete”, completou.

Guarda multou mais que a PM

No mês passado, o Alfenas Agora divulgou a diferença na quantidade de multas aplicadas pela Polícia Militar e pela GM.

Num período de 100 dias, os GMs aplicaram  2.810 multas contra 220 da Polícia Militar no mesmo período – uma média diária de 27,5 autuações. Com essas multas, a Prefeitura poderá arrecadar, somente em relação ao mês de janeiro, R$108.781,91.

 

Tags:

You may also like...

0 thoughts on “Vereador sugere Audiência Pública sobre ação de GMs na aplicação de multas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *