Votação do projeto que suspende as multas feitas por GMs é adiado

Pela segunda vez este ano, a votação do projeto de Lei 98/2014, que suspende as aplicações de multas de veículos realizadas pela Guarda Municipal é adiado. O adiamento aconteceu durante a sessão legislativa desta segunda-feira, dia 02, depois que o vereador Vagner Tarcisio de Morais, o Guinho do PT, pediu vistas ao projeto por mais 15 dias.

DSC03656

A votação em primeiro turno já havia sido adiada no início de fevereiro quando o vereador Elder José Martins pediu vistas ao projeto por 30 dias. Na ocasião, o então vereador José Luiz de Souza Bruzadelli sugeriu que fosse realizada uma Audiência Pública “para discutir as ações da Guarda Municipal que vem aplicando multas de trânsito na cidade”.

O projeto que propõe o fim das multas aplicadas pela GM é de autoria de cinco vereadores: Vagner Tarcisio de Morais, o “Guinho”; Enéias Rezende, José Carlos de Morais, o “Vardemá”; Hemerson Lourenço de Assis, o “Sonzinho” e Antônio Carlos, o “Dr. Batata”.

Guinho pediu vistas ao projeto porque, segundo ele, quer comparar os trabalhos da GM com os trabalhos do Detran e da BH Trans. O pedido de vistas foi aceito por unanimidade.

Guarda multou mais que a PM

Em janeiro deste ano, o Alfenas Agora mostrou a diferença na quantidade de multas aplicadas pela Polícia Militar e pela GM.

Num período de 100 dias, os GMs aplicaram 2.810 multas contra 220 da Polícia Militar no mesmo período – uma média diária de 27,5 autuações. Com essas multas, a Prefeitura poderá arrecadar, somente em relação ao mês de janeiro, R$108.781,91.

Ausência de Sonzinho

O vereador Hemerson Lourenço de Assis, o Sonzinho, não compareceu a reunião da Câmara desta segunda-feira, dia 02. O motivo da ausência do parlamentar não foi comunicado em plenário.

You may also like...

0 thoughts on “Votação do projeto que suspende as multas feitas por GMs é adiado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *