Na tribuna, empresário defende horário comercial livre aos sábados

emp

Pela segunda semana seguida o público lotou as dependências da Câmara Municipal para acompanhar a reunião. Mais uma vez o assunto em destaque foi o horário do comércio aos sábados.

Mas ao contrário da última sessão, quando comerciários estavam presentes, nesta segunda-feira (25) a plateia era basicamente composta por comerciantes e empresários. Todos acompanharam o empresário José Alvarez Rocha Vieira, que usou a Tribuna Livre.

Em sua fala ele defendeu o horário livre para os estabelecimentos comerciais e o não fechamento às 13h como defende a maioria dos funcionários e também prevê o projeto do vereador Francisco Rodrigues da Cunha Neto (Prof. Chico/PDT), retirado da pauta de votação há 15 dias.

José Alvarez argumentou que o encerramento do expediente mais cedo causará ainda mais queda nas vendas. “As pessoas já estão deixando de gastar no comércio de Alfenas e indo aos shoppings da região. Precisamos trazer os clientes de volta”, comentou ele que citou cidades, como Três Pontas, em que houve redução nas vendas por causa do fechamento das lojas aos sábados às 13h.

O empresário ainda disse que se o comércio de Alfenas tivesse um horário parecido com os de shoppings o número de trabalhadores seria o dobro dos atuais 5 mil comerciários.

E se dirigindo ao autor do projeto, Prof. Chico, que também preside a Acia (Associação Comercial e Industrial de Alfenas), pediu que medidas judiciais sejam adotadas contra o presidente do Sindecom (Sindicato dos Empregados do Comércio de Varginha e Região), Joel Vieira, que na semana passada usou a tribuna e afirmou que os empresários alfenenses não cumprem a legislação trabalhista.

Nesta sexta-feira (29) ocorrerá uma reunião da Acia com os associados para que se chegue a um consenso sobre o caso, estabelecendo um horário ou mantendo livre como é atualmente. Prof. Chico levantou a possibilidade de que o projeto seja engavetado.

Além dos comerciários e empresários, está prevista a presença de um consumidor para utilizar a Tribuna Livre na próxima semana.

You may also like...

2 thoughts on “Na tribuna, empresário defende horário comercial livre aos sábados”

  1. Comerciário disse:

    Esses patrões, só querem de saber de lucro para eles, e os funcionários que se lasquem! Muitos andam dizendo que sábado é o único dia pra poder comprar, mas não vão as lojas depois das 13:00, vão pra casa fazer seus afazeres, enquanto nós ficamos em pé o dia inteiro. Não recebemos nada por isso, como horas extras, só recebemos críticas de pessoas que não fazem nada durante a semana e depois querem fazer graça aos sábados!

  2. Caroline disse:

    Realmente os funcionarios
    nao tem vida …pois tem que trabalha ate tarde .. algumas pessoas falao que o unico dia que tem p comprar e aos sabados … mais e os
    funcionarios que dia eles tem para comprar ..?

Deixe uma resposta para Caroline Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *