Padre excomungado entra para galeria de presidentes, artistas e pensadores perseguidos pela Igreja Católica

padree andre

Maldito, amaldiçoado. Esse é o significado da palavra excomungado, considerada a maior pena imposta pela igreja Católica, desconsiderando os homicídios e torturas do período da inquisição.

Mas, ser excomungado também é um passaporte para entrar para a história como alguém que incomodou a igreja do Vaticano. E, muitos que foram excomungados, continuam a prosperar mesmo após a “maldição” católica.

Um desses personagens reside e trabalha em Alfenas. Trata-se do padre André. Ele foi excomungado pela igreja católica por ter criado uma nova religião, a Igreja Católica Independente, que segue os mesmos preceitos e ritos da igreja milenar fundada por Pedro, mas sem qualquer vínculo com a hierarquia do Vaticano. O motivo da punição católica foi porque o Padre André teria usado dinheiro da igreja para construir e reformar casas de pessoas carentes.  A ação da igreja Católica colocou o padre de Alfenas num seleto grupo de pessoas que disse não a igreja de Roma.

Entre os grandes nomes de excomungados, estão reis, artistas e presidentes conhecidos, como Fidel Castro, de Cuba. O ex-presidente argentino, Juan Domingo Perón, também foi excomungado em 1955 após assinar um decreto de expulsão dos bispos argentinos Manuel Tato e Ramón Novoa.

As cantoras pop, Madona e Sinéad O’Connor, da Irlanda, também foram excomungadas pelo catolicismo. Madona recebeu a “punição” nos anos 80 por defender a possibilidade de Jesus ter filhos e fazendo críticas ao catolicismo. Já Sinead O´Connor foi excomungada após ser ordenada sacerdotisa por uma seita católica considerada cismática.

No Brasil, o cantor Odair José,  foi excomungado pelo bispo de Campo Grande em 1978 por causa do disco O Filho de José e Maria e pela a canção “Cristo quem é você?”.

O também brasileiro Padre Beto, foi excomungado por defender o casamento entre homossexuais.

Em alguns casos, os excomungados receberam esse titulo por lutar contra a opressão de grandes impérios. Foi o caso do papado de Leão XII. Ele excomungou todos os cristãos da América do Sul que tomaram armas contra as monarquias da Espanha e de Portugal.

Curiosamente, na lista de pessoas excomungadas pela Santa Igreja Católica não aparece nenhum padre pedófilo. Também não aparece tiranos, como Adolf Hitler. Durante a segunda guerra mundial, a Igreja Católica não considerou as atrocidades cometidas pelo Fuhrer alemão e apoiou o nazismo. O apoiou a ideologia nazista era uma forma de neutralizar a expansão comunista.

A punição da igreja Católica remete ao período medieval e não tem efeitos práticos. A maioria dos excomungados não teve a vida alterada, não sofreram prejuízos e nem foram  hostilizados pela população. Padre André, por exemplo, tem atraído muitos religiosos na sua nova igreja. Madona continua famosa e fazendo shows. Fidel Castro continua vivo e foi um dos chefes de Estado com maior tempo no comando de um país.

You may also like...

9 thoughts on “Padre excomungado entra para galeria de presidentes, artistas e pensadores perseguidos pela Igreja Católica”

  1. Jonatha disse:

    “Construir e reformar casas de pessoas carentes”. Isso éo que André disse. Além disso, a excomunhão foi automática devido a ele ter criado a igreja independente. Logo, tendo ciência disso, ele auto-excomungou-se. Não foi algo tão simples quanto estão dizendo. Se eu fosse o bispo, não pouparia os verdadeiros Motivos para o pedido de afastamento dele

  2. Cassiano disse:

    Se todos soubessem quem é o bispo e o que ele faz, ele é que teria que ser excomungado. Ter filho e vida dupla não é coerente com a função que ele exerce. Houve uma tremenda injustiça com o Pe André. Não sou católico, mas não posso me fazer cego diante disso.

  3. Leticia Ferreira disse:

    Parabens Jonatha! Alguem de bom senso em meio a tanta asneira… O interessante é que se o Bispo o esta poupando, acredito que para proteger a imagem da propria Igreja, vai chegar uma hora que devido a essas materias ele terá que tomar alguma providencia, e ai quem sabe vir a tona tudo que até agora corre em forum da interno da igreja. Pois acredito que o Bispo deva possuir provas não é mesmo.

  4. Reinaldo disse:

    A Igreja católica também deveria se auto excomungar por queimar milhares na fogeira na época da inquisição.

  5. Maris disse:

    Esses bispos gostam é de comer bem, viver vida boa,morar bem,me fala na igreja católica,qual mantém uma instituição de caridade,que faz algo em prol do próximo,coisas que vejo em outra religião,eles deveriam é ter vergonha na cara,pelo que fizeram na época da inquisição e os padres pedófilos,se acham verdadeiros santos,acima dos outros.Sou a favor do padre André e que Deus o abençõe sempre e que sua igreja prospere cada vez mais.

  6. Maris disse:

    Já trabalhei em uma casa paroquial e os padres e demais que ali viviam só comiam bem, viviam bem rezavam sua missinha e arrecadavam o dízimo e o resto que se dane,veja na religião espirita o tanto que ajudam as pessoas,mantém creches, constroem até hospital,me fala que igreja católica faz tal coisa nuuuuuuummmmmmmmmmmmca viiiiiiiiiiiiiii!!!!prestam pra excomungar os outros isto sim,ainda tem a cara de pau de falar em perdão.

  7. Claudia alves disse:

    Não entendo porque a igreja excomungou esse padre só porque ele ajudou quem precisava isso não e motivo.

  8. Joana D'arck disse:

    A Igreja visa a felicidade eterna, crê na ressurreição, não visa as coisas deste mundo, ser excomungado não quer dizer não ser próspero… Cada um busca aquilo que lhe convém e isto não é a proposta de uma tradição milenar de Jesus, os apóstolos e santos que a Igreja mantém. O verdadeiro católico busca viver conforme a Igreja prega e busca conhecê-la para não julga-la! Basta ler o catecismo da Igreja católica e buscar dados na história e nos seus documentos em geral para conhecê-la verdadeiramente, pois a julgam mal… O Papa criou um tribunal para punir e julgar os bispos que acobertaram pedófilos e diz que padres pedófilos devem ser julgados conforme a lei e pagar por suas faltas, basta ver as notícias. A Igreja católica fundou as maiores universidades mundo afora e é a instituição mais filantrópica do mundo! Padres e freiras doam suas vidas em prol dos necessitados e esquecidos no mundo inteiro e isso não é notícia! Muitos têm trabalhos maravilhosos pelos irmãos que sofrem pelo mundo, só a pequena porcentagem de pessoas mal intencionadas e confusas é que faz a Igreja? Julgamos os discípulos de Jesus por Judas Iscariotes ou pelos outros onze fiéis, que erraram também, se arrependeram, mas deram a vida por Ele? O bem que a Igreja e os católicos verdadeiros fazem nunca é mencionado, a vida de seus santos fica desconhecida e desconhecido o bem que fizeram e fazem… Conhecer profundamente para criticar é o desafio, pois as obras falam mais alto, é só buscar. Como dizia o arcebispo Fulton Sheen, “não existem cem pessoas que odeiam a Igreja Católica, mas existem milhões que odeiam aquilo que pensam ser a Igreja Católica”. Um livro muito bonito é: Razões para crer, de Scott Hahn, um dos homens de profundo conhecimento de línguas antigas, escrituras sagradas e história, assim como muitos outros como o professor Felipe Aquino, etc que se citasse não caberia nesta página. Conhecer e respeitar, suas doutrinas são pra católicos praticantes e conhecedores de suas bases; católicos: “Não desanimem quando forem incompreendidos”. São Padre Pio de Pietrelcina Sou católica e não tenho nada contra ninguém e nem as outras religiões, mas vivo profundamente a minha fé e a viverei sempre! Nossa fé nos leva a buscar a transcendência, algo maior, que os olhos não podem ver, não é deste mundo, mas criou todas as coisas e é presente nele. Com respeito a todos os pensamentos, também gostaria do mesmo em relação a minha fé e maior conhecimento para julga-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *