Cerca de 15 mil pacientes esperam atendimento no SUS em Alfenas

Um levantamento feito pela Câmara de Vereadores de Alfenas mostra que pelo menos 15 mil pessoas estão na fila de espera por atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Tem até paciente que teme perder a perna enquanto aguarda atendimento. A justificativa da Secretaria de Saúde é de que a demanda é atendida conforme as prioridades e a verba disponível, para não estourar o orçamento.

>> As informações são do G1

De acordo com o balanço, a fila para consultas oftalmológicas é de 5 mil pacientes. Já a lista com pacientes que esperam exames especializados é de 6 mil pessoas. Ao todo, 4 mil pacientes aguardam para realizar ultrassom e 845 pessoas estão na fila à espera de cirurgias, que ainda não tem data para acontecer.

Segundo o secretário de Saúde, Maurício Durval de Sá, as liberações de consultas, exames e cirurgias estão normais, mas a procura aumentou. “Nós temos 14 mil consultas especializadas em espera. Mas ofertamos, no primeiro quadrimestre, 15 mil consultas especializadas. O que pode estar acontecendo, é que para agendar, estamos classificando a maior necessidade do paciente”, explicou.

A Saúde do município segue o protocolo de Manchester e as marcações de consultas, exames e cirurgias na cidade seguem a prioridade do que é urgente e o que pode esperar. O secretário não nega que alguns casos podem, de fato, levar anos. “Se chegar muitos pedidos com justificativa e caracterizam urgência, o que não tem justificativa nenhuma, vai ficando na espera”, comentou.

O caso da pensionista Sebastiana Alves de Souza é um dos que exigem urgência. Caso ela demore para operar, corre o risco de perder a perna. “Eu fico muito triste, eu estando trabalhando não vejo a tristeza. Eu queria operar, porque eu já não tenho mais nada”, disse.

Acostumada a trabalhar e cuidar da casa, Tianinha, como é conhecida, não abre mão de pelo menos arrumar a cozinha e costurar. Mesmo presa à cadeira de rodas, as pequenas tarefas ajudam a passar o tempo enquanto ela espera para operar novamente o joelho. Ela não anda desde que caiu em 2007.

“Todos já olharam e falam: Tianinha, seu caso é muito sério. Estou esperando uma consulta há 5 anos, não é porque estou com 73 anos que vou entregar. Não vou. Estou esperando uma porta se abrir em Belo Horizonte”, relatou a pensionista.

Questionado sobre este caso especificamente, o secretário de Saúde não soube informar uma data para que o problema seja resolvido.

“Essa senhora já passou pelos ortopedistas do município e eles estão tentando achar o melhor procedimento ao qual ela vai se adaptar. O que tivemos de informações é que a estrutura óssea dela não suportaria uma nova prótese. As próteses de R$ 95 mil ofertadas não garantem que o problema será resolvido”, justificou.

O vereador Evanílson Pereira de Andrade fez um requerimento à Secretaria de Saúde. Ele se diz surpreso com a quantidade de pessoas que reclamaram da espera por consultas e exames. “Para diminuir essa demanda, principalmente de oftalmo e ultrassom, teria que fazer um mutirão. Com isso, diminuiria sim a demanda”, disse.

You may also like...

0 thoughts on “Cerca de 15 mil pacientes esperam atendimento no SUS em Alfenas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *