Unifal recebe pesquisador estrangeiro para estudo sobre a doença de Alzheimer

A Unifal recebe desde segunda-feira, 29/06, o professor da Universidade de Bolonha, Itália, Andrea Tarozzi, contemplado com bolsa pelo Ciência sem Fronteiras (CsF), na modalidade Pesquisador Visitante Especial, no Edital MEC/MCTI/CAPES/CNPq/FAPs nº 03/2014. O pesquisador vem colaborar com uma pesquisa sobre a doença de Alzheimer, de autoria do professor do Instituto de Química da Unifal, Cláudio Viegas Júnior.

unifal pes

Professor da Universidade de Bolonha, Itália, Andrea Tarozzi

Intitulado “The glia-neuron network as a novel target for designed multiple ligands in the treatment of neurodegeneration”, o trabalho tem por objetivo investigar de moléculas inéditas planejadas e sintetizadas no Laboratório de Fitoquímica e Química Medicinal da Unifal (LFQM), como novos candidatos a fármacos contra a doença de Alzheimer, aprofundando os estudos sobre possíveis mecanismos de ação e efeitos neuroprotetores.

O projeto foi aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em 2014 e prevê a vinda do Prof. Tarozzi ao Brasil até 2017, 30 dias em cada ano. “Esta é a 1ª missão de pesquisa, na qual, o professor está trocando informações e discutindo resultados com nosso grupo de pesquisa em Química Medicinal no Laboratório de Fitoquímica e Química Medicinal, além de ministrar uma disciplina condensada intitulada ‘Pharmacology and pharmacotherapy: Experimental models for Alzheimer’s disease’”, explica o Prof. Cláudio.

Cerca de 30 pesquisadores, entre discentes de graduação, pós-graduação e docentes da Universidade participaram do curso, realizado no auditório Dr. João Leão de Faria, nesta primeira etapa. “A presença do Prof. Tarozzi representa um passo importantíssimo na internacionalização do nosso grupo de pesquisa, bem como dos programas de Pós-Graduação em Química e Ciências Farmacêuticas, aos quais pertencem nossos mestrandos e doutorandos”, assinala o autor do projeto.

Segundo Prof. Cláudio, a pesquisa sobre Alzheimer vem sendo desenvolvida há cerca de cinco anos no âmbito do Programa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR) e conta com o envolvimento de discentes de Iniciação Científica e de Pós-Graduação do Programa de Pós-Graduação em Química da Unifal.

You may also like...

0 thoughts on “Unifal recebe pesquisador estrangeiro para estudo sobre a doença de Alzheimer”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *