Bando fez 21 reféns durante roubo de café avaliado em R$ 150 mil em MG

Vinte e uma pessoas foram mantidas reféns entre a noite de sexta-feira (1º) e a madrugada deste sábado (2) durante assaltos a três propriedades de São Pedro da União (MG) e Juruaia (MG). Segundo a Polícia Militar, um grupo com cerca de 20 homens armados invadiram as propriedades, fizeram reféns e roubaram cerca de 300 sacas de café, avaliadas em cerca de R$ 150 mil.

O primeiro assalto aconteceu por volta de 23h de sexta-feira. Os criminosos invadiram primeiro uma casa onde estavam os funcionários da propriedade.

“Nós ‘tava’ tudo dormindo aí. Aí eles chegaram batendo, arrombando a porta. Aí renderam todo mundo, tomaram o celular, trancaram a gente dentro ‘dum’ quarto. Foram lá e renderam o patrão. Só queriam o café”, disse um funcionário que não quis ser identificado.

Depois, eles seguiram para as propriedades vizinhas. Quem os assaltantes encontravam pela frente, era levado para uma casa que foi usada pela quadrilha como cativeiro.

“Eles disseram que passaram aí, uns dias aí, estava já de olho na gente já. ‘Tava’ sabendo de tudo já. Pegaram o carro do patrão aí, a moto e desceram lá pro outro sítio lá e renderam o pessoal, e trouxeram pra lá, e botaram junto com nós lá, e ficaram… renderam mais três lá. Três funcionários pra ajudar a carregar a carga”, completou o funcionário.

Segundo as vítimas, a quadrilha era grande e organizada. Enquanto um grupo vigiava os reféns no cativeiro, outro grupo roubava o café. Em uma das propriedades, eles obrigaram três funcionários a ensacar o café que estava secando e depois carregar um caminhão. Um trabalho que durou cerca de 3 horas.

“Sempre com arma não, não chegaram a ameaçar muito não, só mandou a gente trabalhar, ensacar”, disse o trabalhador rural Deyvid Cadete.

Além das sacas de café, a quadrilha levou dois carros, uma moto, celulares, dinheiro e objetos pessoais das vítimas. De madrugada, a Polícia Militar ainda apreendeu uma caminhonete em Bom Jesus da Penha, com cerca de 1 tonelada de café. Os suspeitos fugiram quando viram a polícia. No entanto, a polícia ainda não sabe confirmar se a carga pertence aos produtores que foram roubados em São Pedro da União. Para um dos produtores que teve as sacas roubadas, o que fica é a revolta.

“Chegaram na minha casa e pregaram o pé na porta, arrebentaram a porta, quando eu saí eles já estavam dentro de casa, não tinha como fazer mais nada, tive que entregar mesmo. Proteger como? Eles chegam de mão armada, arrebentando a porta, entrando pra dentro, a gente não tem proteção nenhuma numa hora dessa, fica difícil né”, disse o produtor rural Antônio Ribeiro Garcia.

Fonte: G1

You may also like...

0 thoughts on “Bando fez 21 reféns durante roubo de café avaliado em R$ 150 mil em MG”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *