Ministério da Saúde autoriza serviços de radioterapia em hospital de Alfenas

O Ministério da Saúde liberou a Santa Casa de Alfenas (MG) para começar a prestar os serviços de radioterapia. O hospital era um dos 23 credenciados para receber pacientes em tratamento contra o câncer, mas há pelo menos cinco anos aguardava a decisão. A liberação do serviço foi divulgada nesta terça-feira (11).

O prédio para oferecer os serviços custou R$ 9 milhões e, desde 2013, está pronto para começar os atendimentos. O setor já está todo equipado, mas estava fechado. Situação que obriga cerca de 70 pacientes a procurar atendimento em outros hospitais da região.

“O câncer não espera, é uma doença que se não tratar mata,tem que funcionar o mais rápido do possível”, disse a cuidadora de idosos Selma de Oliveira Pereira, que precisou viajar todos os dias, mais de 200 Km, entre Alfenas e Poços de Caldas (MG), para fazer radioterapia.
“Um paciente andar hoje, 300 Km em um dia, fazendo quimioterapia, radioterapia, chega a ser desumano isso. Não dá pra entender uma situação como essa”, disse o oncologista Allen Lopes Petrin.

Além disso, desde 2012, o hospital em Alfenas já tinha o acelerador linear, equipamento usado no tratamento de radioterapia. A máquina custou R$ 5 milhões e foi doada pelo Instituto Nacional do Câncer, mas também estava sem uso. O motivo era o impasse com o Ministério da Saúde que alegava não ter recebido a documentação exigida para a liberação do serviço.

“Esse processo foi entregue no Ministério da Saúde no dia 13 de junho de 2016, eu tenho inclusive o horário que ele foi recebido lá. Então, esse processo encontra-se no Ministério da Saúde”, disse Aécio Assis, diretor administrativo da Santa Casa.

Fonte:G1

You may also like...

0 thoughts on “Ministério da Saúde autoriza serviços de radioterapia em hospital de Alfenas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *